Blog sobre a Canábis | Experiência natural
Inicio » Cultivo de canábis » Temperatura no Cultivo da Canábis: Qual é a Indicada?


01.12.21

Temperatura no Cultivo da Canábis: Qual é a Indicada?

Um dos factores que todo o bom cultivador precisa de dominar é a temperatura no cultivo da canábis. A obtenção da medida precisa de graus que um cultivo necessita é um conhecimento que vem com a experiência. Mas não te preocupes, porque a guia de temperatura no cultivo da canábis de hoje dar-te-á toda a informação de que necessitas.

Neste artigo vamos analisar a importância da temperatura no cultivo da canábis e vamos mostrar-te como encontrar a temperatura ideal para a tua horta de canábis. Também te mostraremos como reconhecer os problemas causados pelas temperaturas extremas no teu cultivo. Especialmente no interior, que é onde este factor costuma causar mais problemas. Mãos à obra!

A Importância da Temperatura no Cultivo da Canábis

temperatura no cultivo da canábis

As plantas são auto-suficientes em muitos aspectos, tais como a absorção de nutrientes. No entanto, quando se trata de temperatura, estão dependentes das condições climáticas. Além disso, ao contrário dos animais, as plantas não são capazes de produzir o seu próprio calor, e por isso dependem totalmente do ambiente para o fazer.

A temperatura da canábis desenvolve-se graças a uma combinação de luz, temperatura e humidade externa. É um valor difícil de medir, mas sabe-se que quando a sua temperatura desce abaixo de certos graus, dependendo da variedade, pode parar o seu crescimento. O mesmo acontece se a temperatura subir demasiado alto, quando as plantas começam a murchar.

Embora seja verdade que uma planta dificilmente morrerá de excesso de calor natural, a menos que seja uma planta muito jovem, ela pode parar o crescimento e a proliferação de cabeças. Além disso, demasiado calor afecta as propriedades organolépticas e pode ser notado num agravamento do sabor e do aroma. Finalmente, os canabinóides também não são poupados, uma vez que podem desaparecer com o calor.

A qualidade do cultivo é razão mais do que suficiente para te preocupares com a temperatura no cultivo da canábis. Aqui estão os processos que são alterados no crescimento da marijuana por alterações extremas de temperatura:

1. Fotossíntese

O processo de fotossíntese é o primeiro a ser afectado quando não aplicamos a temperatura correcta para a canábis. A temperatura ideal para realizar este processo de entrada de energia para as plantas situa-se entre os 15ºC e os 30ºC. Embora a planta possa obter energia independentemente da temperatura, o processamento da energia não é tão eficiente.

O açúcar, a fonte de energia das plantas, não se conduz correctamente quando a temperatura desce por baixo dos 20°C. De facto, se descer demasiado por baixo desta temperatura, a planta pode iniciar um bloqueio de nutrientes, os açúcares vão ficar presos e a planta irá sofrer. Se isto acontecer em plantas maduras e durante apenas alguns dias, o ajuste da temperatura activará o fluxo de açúcar.

Por outro lado, se isto acontecer a uma planta jovem, o entupimento dos nutrientes causado pela baixa temperatura no cultivo da canábis pode dificultar muito o seu crescimento. Isto, na pior das hipóteses, resultará numa colheita inexistente ou minúscula.

2. Respiração

Outra função sensível da marijuana em termos de temperatura é a respiração. Este processo, que tem lugar nas folhas, diminui à medida que a temperatura desce. Isto pode ser vantajoso porque reduz a quantidade de energia que a planta gasta, uma vez que não consome energia na respiração. No entanto, também cria um problema para o crescimento da planta.

Assim, quando montamos uma grande cultivo de canábis num clima com baixas temperaturas, a planta respira pouco e pode poupar energia. Além disso, habitua-se a este gasto energético. Mas se houver uma mudança de temperatura no cultivo da marijuana e de repente começa o calor, a planta terá de criar energia extra porque quanto mais alta for a temperatura, mais a planta irá respirar.

3. Outros Fatores

A temperatura da canábis determina os 2 factores acima mencionados. Mas o calor também pode causar outra série de sintomas que afectam o crescimento saudável da canábis. Estes são, entre outros, o aparecimento de ácaros, apodrecimento das raízes, queima devido ao excesso nutrientes, murcha, demasiado crescimento, etc.

A Temperatura Ideal do Cultivo de Canábis

temperatura no cultivo da marijuana

A planta responderá às mudanças de temperatura no cultivo da canábis de forma diferente, dependendo da fase de crescimento em que se encontra. Como cultivador, deves preocupar-te em dar a melhor temperatura para as tuas plantas em cada fase do seu ciclo de vida. Aqui estão as temperaturas ideais para cada etapa:

1. Plântulas e Clones

Os clones ainda não têm um sistema radicular, pelo que estão totalmente dependentes da transpiração das suas folhas. Portanto, a planta requer grandes doses de humidade, pelo menos até que as primeiras raízes estejam formadas. Se vives num clima muito seco, podes sempre usar um humidificador para aumentar a humidade relativa.

A temperatura ideal para plântulas e clones de canábis situa-se entre 20 e 25°C com elevada humidade. A estas temperaturas, devem desenvolver rapidamente um sistema radicular para que possam tornar-se auto-suficientes o mais depressa possível. Isto aplica-se tanto a plântulas recém germinadas como a clones de canábis.

2. Crescimento Vegetativo

Durante o início da fase de crescimento vegetativo, a temperatura no cultivo da canábis deve também estar entre 20 e 25°C e uma humidade elevada de 70% ou mais. No entanto, assim que as plantas envelhecem, preferem um pouco menos de humidade. Especialmente dentro de casa, pois ao ar livre a planta habitua-se mais às mudanças de temperatura.

Também, durante os períodos em que não há luz, tenta baixar a temperatura no cultivo da canábis em alguns graus, para entre 18 e 23ºC. Estes períodos nocturnos são perfeitos para estimular um crescimento vigoroso da canábis. Não a deixes descer dos 15ºC.

3. Etapa de Floração

Durante a floração, os graus no cultivo da canábis têm de subir ligeiramente durante os períodos de iluminação. A humidade, pela sua parte, deverá baixar para cerca de 60%. A menos que estejas a introduzir Co2 para obter mais rendimento, com o qual não deves superar os 28°C.

Exceder estas temperaturas fará evaporar os terpenos das cabeças da canábis, assim como poderá queimar as flores novas da planta. As cabeças da planta demasiado quentes também podem fazer que a planta se queime e superar certas temperaturas podem evaporar os canabinóides. Isto irá afectar tanto o efeito como o sabor.

Para obter mais tricomas, desce a temperatura noturna em alguns graus, para cerca de 23°C. A alteração da temperatura pode desencadear stress positivo para a produção da planta. Para além de aumentar a produção, pode aumentar a criação de tricomas, os mecanismos de defesa da planta.

Este processo leva ao que é vulgarmente conhecido como ponto de orvalho. Este é um elemento que indica uma boa temperatura no cultivo da canábis. Isto ocorre quando o ar já não consegue conter o vapor da água e este condensa na superfície das folhas da planta sob a forma de orvalho.

4. Secagem e Cura

A qualidade da canábis está, em grande parte, determinada por uma boa secagem. Quando se extraem as cabeças da canábis, há um processo fundamental de secagem e cura que realça os efeitos e sabores da planta. É por isso que é essencial regular a temperatura no cultivo da canábis durante este processo.

Para uma secagem correcta deve ser mantida uma temperatura entre 18 e 20ºC. A humidade durante a secagem da canábis deve ser tão baixa como 30-40% no máximo. A canábis terá um aspecto muito mais apetitoso e parecerá a de um dispensário depois de uma secagem bem feita.

Temperatura do Cultivo no Exterior

Quando se cultiva ao ar livre, manter a temperatura no cultivo da canábis pode ser muito complicado. A boa notícia é que a maioria das estirpes para cultivo ao ar livre estão geneticamente concebidas para resistir a baixas temperaturas. Na maioria dos casos, acima dos 10 graus Celsius.

Por baixo desta temperatura, a canáis começará gradualmente a deixar de crescer. Isto também pode levar a danos externos nas paredes da planta. Para evitar isto, se achares que a temperatura vai descer demasiado, podes usar um aquecedor a gás ou cobrir o cultivo com uma camada de plástico de polietileno.

Ambas as opções podem manter o cultivo de canábis quente durante as noites de Inverno. A cobertura também ajuda a proteger a planta de outros factores externos perigosos, tais como pragas e doenças, que terão mais dificuldade em atravessar a parede de plástico.

Temperatura do Cultivo no Interior

O cultivador de interior pode controlar completamente a temperatura no cultivo da canábis. Esta é uma grande vantagem e uma vantagem da que tens de aprender a tirar partido. Contudo, a temperatura ideal para o crescimento não é um valor constante e ao longo do ciclo de vida, a temperatura certa para o desenvolvimento da planta tem de ser controlada.

A temperatura ideal para o cultivo de canábis no interior depende de vários factores. A localização da sala de cultivo em relação ao edifício é muito importante. As caves são mais frescas do que os sótãos, por exemplo. Outros factores como o tamanho da sala, o número de luzes e a taxa de extracção também determinam a temperatura do interior.

Como vimos, com as luzes acesas, a temperatura ideal para as plântulas é de 20 a 25ºC, enquanto à medida que a planta cresce a temperatura pode subir até 28ºC. Quando as luzes estão apagadas, a canábis funciona melhor a 18ºC. Tem em mente que se enriqueceres com Co2, deverás ter uma temperatura 2 graus mais elevada.

O crescimento da canábis de maiores dimensões pode exigir o uso de um aquecedor de água recirculante para assegurar temperaturas óptimas. Para medir que os níveis de temperatura no cultivo da canábis estão a ser cumpridos, também podes usar um controlador que te permite regular a temperatura.

Medir a Temperatura do Cultivo de Canábis

Ao ar livre, medir a temperatura não dá problema algum. No interior também não tem motivos para ser complicado. Em primeiro lugar, deves medir a temperatura usando um termómetro digital ou analógico, e é aconselhável usar um termohigrómetro, que também verificará a humidade relativa do cultivo.

Se utilizas um termohigrómetro com sonda, também podes verificar a temperatura no cultivo da canábis durante a noite, pois podes deixar a sonda dentro do cultivo e o medidor fora do armário.

Medir sempre a temperatura na zona do cultivo que está à sombra. Além disso, não te limites a medir num só local, tenta medir a temperatura no cultivo da canábis em várias zonas e calcular a sua média. Incentivar a ventilação da marijuana com a utilização de ventiladores, mesmo que não afecte a temperatura do ar.

Corregir Problemas de Temperatura no Cultivo da Canábis

Se infelizmente a tua planta sofre de problemas relacionados com as más temperaturas no cultivo da canábis, nunca é demasiado tarde para tomar medidas. É um problema que normalmente se pode resolver, por isso respira com tranquilidade. Aqui estão os problemas mais comuns causados pelos desequilíbrios de temperatura na canábis e como resolvê-los.

1. Stress por Calor

Evitar o stress por calor mantendo as lâmpadas um pouco mais altas do que o normal. Se vires que a planta está queimada, murcha, com tonalidades castanhas e amarelas nas pontas das cabeças, é muito provável que isto seja stress térmico. Consulta o guia sobre as queimaduras provocadas por nutrientes para saber como diferenciar os diferentes tipos de queimaduras.

Este tipo de queimaduras são geralmente causadas pelo uso de lâmpadas HPS que emitem muito calor. A distância destas lâmpadas deve ser de 10 cm para cada 100 watts de potência. É melhor mudar para LEC ou iluminação LED que, embora também possam queimar a planta se exagerares, emitem menos calor e consomem menos energia.

2. Temperaturas Demasiado Baixas

temperatura na canábis

Algumas noites de temperaturas frias não afectam o crescimento da marijuana. Mas se isto continuar a acontecer frequentemente, especialmente durante o período de floração, é definitivamente motivo de preocupação. Um gerador de Co2 parece ser a melhor solução para subir a temperatura do local de crescimento em alguns graus.

Também podemos utilizar um aquecedor eléctrico com um termómetro, tendo o cuidado de não exagerar pois tem em conta que eles utilizam muita energia.

Quando as luzes estão ligadas, normalmente não é necessário ter um aquecedor eléctrico ou gerador Co2 ligado. No entanto, é muito importante utilizar ventoinhas que distribuam o calor produzido pelas luzes de modo a que este atinja todas as plantas e partes da planta por igual.

3. Temperaturas Demasiado Altas

temperatura na marijuana

O calor torna-se frequentemente um problema numa sala de cultivo. As lâmpadas produzem demasiado calor e este é transmitido para as plantas. Para evitar isto, utilizar a lâmpada certa para o espaço de cultivo. Se tiveres uma lâmpada HPS de 400W, precisarás de um espaço de cultivo de 100x100x200, por exemplo.

A extracção é responsável pela remoção do excesso de calor no cultivo e é muito importante quando se trata de regular a temperatura no cultivo da canábis. Para a calcular, temos que medir o espaço de cultivo (altura x largura x comprimento) e multiplicar o resultado por entre 30 y 60 (dependendo do número de plantas que existam dentro da sala de cultivo). Se tens até 5 plantas por metro quadrado multiplica por 30, se tens mais de 12 deveremos multiplicar por 60.

Isto foi tudo tudo sobre a temperatura no cultivo da canábis. Esperamos que tenha sido claro em todos os aspectos relacionados com as mudanças de temperatura na marijuana. Se gostou deste artigo, porque não lês sobre Quais são as propriedades terapêuticas do CBD? e Cabeças com sementes: Como evito que apareçam?

Imagens retiradas de Growweedeasy

Clique para avaliar este post!
(Votações: 1 Promedio: 5)
Avatar for Igor Vieira

Autor: Igor Vieira

Licenciado en Biología Molecular, gestor de contenidos y responsable de tienda en Experiencia Natural. Viviendo la vida, hablando de Cannabis Sativa, padre. Número de colegiado es 20787-X.

Palavras relacionadas:
Temperatura no Cultivo de Canábis: Qual é a Indicada?
Temperatura no Cultivo de Canábis: Qual é a Indicada? Descobre a guia definitiva para conhecer a temperatura no cultivo da canábis. Nela poderás ler os truques para identificar a temperatura para cada etapa.
https://www.semillas-de-marihuana.com
Sementes de canábis

Artigos relacionados

Comentários

Um comentário para "Temperatura no Cultivo da Canábis: Qual é a Indicada?"

Deixa o teu comentário