Blog sobre a Canábis | Experiência natural
Inicio » Cultivo de canábis » Lagartas | Pragas da Canábis


13.10.22

Lagartas | Pragas da Canábis

As pragas são um dos piores inimigos de qualquer cultivador de canábis ou de qualquer espécie vegetal. Hoje vamos falar de lagartas na canábis, uma praga que aparece normalmente nas culturas ao ar livre e que pode ser letal para as suas plantas de marijuana. É um predador voraz das folhas, caules e cabeças da marijuana, destruindo-os e tornando-os completamente inúteis para consumo ou para as futuras colheitas.

Como eliminar as lagartas na canábis

As lagartas pertencem à família Lepidoptera. Isto significa que têm uma fase larval e que, após a metamorfose, se transformam em borboletas com uma aparência mais amigável. Embora existam inúmeras variedades, muito diferentes em cor e tamanho, dentro desta espécie de inseto, todas as lagartas têm características comuns. Estes são: um corpo segmentado, 6 pernas e ganchos utilizados para a alimentação.

lagartas canabis

Um dos sinais mais claros de lagartas na canábis é a visão de borboletas a aterrar nas cabeças ou folhas de marijuana localizadas nas áreas mais altas da planta. Geralmente, a borboleta deposita os seus ovos antes da chegada do tempo frio, de modo que eclodem com o início do tempo mais quente. Assim, a presença de calor no final de verão é muito importante para que as lagartas cresçam. É por isso que é bem possível que as borboletas ponham os seus ovos e não eclodem até que a temperatura seja a mais indicada.

Sintomas de uma praga de lagartas na canábis

As folhas são uma das partes favoritas da canábis para as lagartas. Como tal, eles fornecem o principal sustento para estes insetos, enquanto servem como superfície ideal para as borboletas porem os seus ovos. Dependendo da variedade da lagarta, selecionarão uma parte ou outra das folhas. No entanto, se uma planta está cultivada na mesma localização geográfica, costumam ser o mesmo tipo de lagarta.

A primeira coisa a ver, portanto, são as folhas. Como já mencionámos, as partes superiores são as mais difíceis de aceder e são, portanto, suscetíveis de serem o lar de ovos de larvas de lagarta. Não é fácil detetar a olho nu estes ovos de larvas. Para tal, podemos utilizar uma lupa de cultivo de canábis, com ampliação suficiente para poder ver os ovos. Desta forma, se olharmos de perto podemos ver pequenos grupos de pontos amarelos e esbranquiçados.

Após a análise das folhas, podemos passar à verificação dos rebentos da planta. Começaremos pela parte superior e gradualmente trabalharemos para baixo para analisar todos as cabeças da planta de canábis. Procuraremos pequenos pontos que não se enquadrem com os da própria planta e áreas das cabeças que possam começar a apresentar podridão. As primeiras áreas a sofrer as consequências das lagartas na canábis serão as áreas com os tecidos mais macios, uma vez que estas são as suas favoritas.

Se finalmente encontrarmos uma lagarta, devemos inspecionar a planta diariamente, especialmente durante as horas em que o sol está no seu ponto mais baixo e a humidade também, pois são estas as horas em que estão mais ativas. No entanto, a voracidade das lagartas na canábis é tal que não é difícil vê-las a qualquer hora do dia, acabando com as folhas e as cabeças da planta.

Acabar com a praga de lagartas na canábis

Se após uma busca exaustiva de lagartas encontrarmos sinais da sua presença, tais como folhas mordidas, o melhor a fazer é aplicar um produto repelente de pragas para a canábis. Na Experiencia Natural recomendamos Cordalene, da Trabe. Trata-se de um repelente especializado de pragas que mata lagartas, larvas, vermes e lepidópteros em geral. Este produto funciona com a bactéria Bacillus Thuringiensis var. Kurstaki que, uma vez ingerida por insetos rastejantes, faz com que o seu estômago se cristalize e impede a sua alimentação. O método de aplicação é cobrir toda a planta, ou alternativamente as áreas onde vemos as lagartas. Cordalene também pode ser aplicado preventivamente, antes dos ataques começarem.

No caso da infestação de lagartas na canábis aparecer nos últimos 15 dias de cultivo, temos de tomar medidas chave. Após examinarmos as partes afetadas, teremos de ter cuidado com os seus dejetos, que causam botrítis. Para estes casos, teremos de aplicar produtos como o Botrypot. Este fungicida tem uma fórmula baseada numa mistura de nutrientes e microrganismos que têm um efeito específico sobre o desenvolvimento do fungo. Uma vez deixemos o o produto a atuar, devemos examinar se os tricomas da canábis estão em boas condições, e se for esse o caso, podemos proceder à sua colheita, eliminando as áreas afetadas pela lagarta.

Se gostaste deste artigo sobre as lagartas na canábis e como eliminá-las, recomendamos que te subscrevas à nossa mailling list e nos sigas nas redes sociais, além de ler os artigos sobre as pragas de tripes, formigas ou mosca-branca.

Imagem retirada de Pixnio

Clique para avaliar este post!
(Votações: 0 Promedio: 0)
Avatar for Igor Vieira

Autor: Igor Vieira

Licenciado en Biología Molecular, gestor de contenidos y responsable de tienda en Experiencia Natural. Viviendo la vida, hablando de Cannabis Sativa, padre. Número de colegiado es 20787-X.

Palavras relacionadas:
Lagartas | Pragas na Canábis
Lagartas | Pragas na Canábis As lagartas na canábis são uma praga que pode chegar a ser muito perigosa e até mesmo letal. Aqui poderás aprender como detectá-la e eliminá-la.
https://www.semillas-de-marihuana.com
Sementes de canábis

Artigos relacionados

Comentários

Um comentário para "Lagartas | Pragas da Canábis"

Deixa o teu comentário