Blog sobre a Canábis | Experiência natural
Inicio » Receitas com canábis » Descarboxilar a Canábis: Guia Completa Passo a Passo


14.11.21

Descarboxilar a Canábis: Guia Completa Passo a Passo

O artigo de hoje é sobre como descarboxilar a canábis. Tenho a certeza que muitos de vós já viram nos filmes como uma pessoa come um saco inteiro de marijuana porque a polícia vem atrás dele e começa a sentir efeitos extremamente psicadélicos. Os seus olhos abrem-se muito e começa a ofegar da moca enorme que tem.

Bem, a verdade é que esta situação não é real. As consequências desta cena implicariam geralmente algo diferente. Ingerir a canábis crua não é a melhor maneira de conseguir efeitos psicoativos fortes. Se não chegamos a descarboxilar a canábis, os efeitos que obtemos serão, na melhor das hipóteses, medíocres.

Mas não tenhas medo, aqui vamos mostrar-vis como descarboxilar a canábis de uma forma simples e eficaz. A marijuana descarboxilada é essencial para poder ingeri-la em de diferentes tipos de alimentos. Por exemplo, bolachas, brownies, manteiga e outros tipos de receitas.

descarboxilar canabis

O Que é Descarboxilar a Canábis?

Descarboxilar a canábis significa converter o canabinóide THCA em THC utilizando altas temperaturas. O THCA está naturalmente presente na canábis, é um canabinóide com menos efeitos psicoactivos mas com outros efeitos anti-inflamatórios, por exemplo. Quando queremos ingerir canábis e sentir os seus efeitos psicoactivos, é importante descarboxilar a canábis para obter THC, o canabinóide psicoactivo.

Porque motivo é tão importante Descarboxilar a Canábis?

Todos os canabinóides presentes nas cabeças de marijuana tal e como saem da planta têm um anel ou grupo carboxil adicional (COOH) ligado à sua cadeia química. O THCA é o canabinóide que é sintetizado dentro das cabeças dos tricomas nas flores da canábis recém-colhidas. Portanto, é a que se encontra na marijuana e precisa de ser descarboxilada para ter qualquer efeito quando ingerida.

Se não descarboxilar a canábis, deves saber que o THCA tem uma série de benefícios quando é consumido. Entre elas encontram-se as propriedades anti-inflamatórias e neuroprotectoras. No entanto, não tem fortes efeitos psicoactivos quando ingerido.

É por isso que é tão importante descarboxilar a canábis. Com este processo, convertemos a molécula THCA em THC, que pode ter efeitos psicoactivos quando se fazem alimentos com canábis. Assim, agora já sabes, se vai comer cabeças de marijuana em qualquer tipo de receita, ou diretamente da planta, procede sempre à descarboxilação da canábis. Caso contrário, dificilmente sentirás alguma coisa.

O que Provoca o Descarboxilar a Canábis?

descarboxilar canabis

Os 2 principais catalisadores para descarboxilizar a canábis são o calor e o tempo. Por outras palavras, para descarboxilar adequadamente a marijuana, é necessário primeiro ter canábis que esteja seca e se tenha curado durante um espaço prologando de tempo. Na verdade, este processo de secagem e cura é o início do processo de descarboxilação da canábis.

Portanto, agora já sabes, usa canábis bem curada para as tuas receitas com canábis. Este será o melhor ponto de partida possível para descarboxilizar a canábis. É por isso que algumas cabeças de canábis têm pequenas quantidades de THC presentes juntamente com THCA. Mas… Pode ser que tenha fumado THCA toda a vida e agora sentes-te enganado?

A resposta é não. Quando se fuma e queima canábis, os canabinóides THCA são automaticamente transformados em THC. Por outras palavras, é como um processo de descarboxilação da canábis. Fumar e vaporizar canábis, devido às altas temperaturas alcançadas, torna o THC disponível na sua forma absorvível para o nosso corpo, sem necessidade de descarboxilar a canábis.

Enquanto os canabinóides descarboxilados sob a forma de vapor e fumo podem ser facilmente absorvidos pelos pulmões, o sistema digestivo não funciona da mesma maneira. Assim, os produtos comestíveis com canábis requerem um processo de descarboxilação da canábis para que os nossos corpos absorvam os canabinóides durante a digestão.

O aquecimento dos canabinóides a uma temperatura inferior à combustão ou vaporização permite descarboxilar a canábis e transformar todas as moléculas de THCA em THC que o nosso estômago consegue digerir. Além disso, também garante a qualidade do material que estamos a utilizar. Descarboxilar a canábis é só vantagens.

A Que Temperatura Posso Descarboxilar a Canábis?

descarboxilar canabis

O THCa começa a descarboxilar a aproximadamente 100 graus Celsius. Além disso, são necessários 30-45 minutos de exposição ao calor para completar o processo de descarboxilação da canábis. Em alguns casos, pode demorar até 1 hora. Muitas pessoas optam por descarboxilar a canábis a temperaturas mais baixas e por períodos de tempo mais longos, numa tentativa de preservar o máximo número de terpenos possível.

Isto porque alguns terpenos são muito voláteis, como já deves saber. Isto significa que quando se descarboxila a canábis podem evaporar, deixando para trás muitas das propriedades organolépticas requintadas da planta da canábis. Isto pode causar perda de aroma e sabor, por isso, se esta questão for muito importante para ti nos alimentos que cozinhes, tenta descarboxilar a canábis em lume brando.

Não penses sequer em descarboxilizar a canábis acima dos 140°C, pois a integridade de todos os canabinóides e terpenos ficará gravemente comprometida. O mais provável é que acabem por se desintegrar no forno. Portanto, toma boa nota desta recomendação.

O calor e o tempo também podem ser a forma de obter outras moléculas de canabinóides ao descarboxilar a canábis. Por exemplo, o CBN é formado através da oxidação do THC, um processo que pode ocorrer em paralelo com o processo de descarboxilação da canábis. E como muitos de vós já sabéis, o CBN produz uma sensação muito mais sedativa e relaxante do que o THC.

Ou seja, podemos usar as temperaturas de descarboxilação para brincar com os canabinóides que queremos que estejam presentes na marijuana. Podemos também descarboxilar a canábis para promover determinados efeitos psicoativos em vez de outros.

Como Descarboxilar a Canábis em Casa?

descarboxilar canabis

A ferramenta essencial, da qual necessitarás para descarboxilar a canábis, é um forno. Para descarboxilar a canábis em casa, é necessário começar com bom material. Ou seja, uma boa colheita e, como já indicámos, bem seca e curada, que já contem algumas moléculas de THC na sua composição.

1. No Forno

Basta pré-aquecer o forno a cerca de 100 graus Celsius. Retirar o tabuleiro do forno e colocar uma folha de papel para forno em cima dele. Triturar suavemente a canábis e colocar as cabeças no forno sem as apertar. Por outras palavras, que o calor os atinja a todos igualmente. Deixar a canábis descarboxilar durante 30-40 minutos, ou mais tempo a uma temperatura mais baixa, se desejares.

Algumas pessoas optam por colocar as cabeças num frasco de vidro no forno, para que o calor não os afecte directamente. É importante monitorizar a temperatura do forno durante todo o processo de descarboxilação. Como já explicámos, se a temperatura sobe demasiado pode estragar alguns dos canabinóides e terpenos da canábis. Por isso, lembra-te disto.

2. Na Panela

Também se pode descarboxilar a canábis numa panela e cozinhar lentamente. Contudo, terás de introduzir um solvente como óleo de cozinha ou lecitina. Esta forma de descarboxilizar a canábis é ideal para criar uma variedade de chás e receitas, incluindo cápsulas de canábis. Assim, ao ter os canabinóides descarboxilados, estas serão eficazes seja qual for a forma que decidas consumi-las.

Tudo o que tens de fazer é colocar a canábis num saco que resista ao calor dentro da panela com água quando esta estiver a 95ºC. Deixa durante 1 minuto e já está! A tua canábis já está descarboxilada.

Outras Formas para Descarboxilar a Canábis.

descarboxilar canabis

Para além do forno e da panela, podes usar outros métodos para descarboxilar a canábis. Se não tiveres um forno ou não quiseres gastar tanto tempo na descarboxilação, aconselhamos que dês uma vista de olhos aos seguintes métodos.

1. No Microondas

Se não tiveres 45 minutos para descarboxilar, é melhor usar um microondas. Para tal, triturar suavemente a erva em pedaços mais pequenos e colocá-los num recipiente ou tabuleiro para o microondas. Ajustar o microondas para a potência máxima durante 9 minutos. Retirar a canábis e cheirá-la. Deve ter um cheiro forte, mas não a queimado.

É verdade que esta forma de descarboxilação é mais complicada do que no forno. Isto porque não temos um controlo exacto da temperatura. Isto significa que temos de fazer as coisas à vista de olhos. Se estiveres preocupado em queimar a erva, basta diminuir a potência do microondas e experimentar até obter o resultado desejado.

2. A Vácuo

Esta é provavelmente a forma mais segura de descarboxilar a canábis depois do método do forno. É claro que precisarás de uma máquina de vácuo com uma máquina de cozinhar a baixa temperatura, mas podes poupar tudo isto se tiveres uma panela de água e um termómetro para verificar a temperatura.

O processo será o de cortar as cabeças até obter a textura desejada. Coloca-os no saco selado a vácuo. Se tiveres uma panela para cozinhar a banho-maria, coloca-a a 95º C e mete as cabeças no saco hermético durante uma hora. Se o fizeres numa panela normal, mete-a com lume forte e quando ferver introduz um termómetro, quando estiver a 95º C, introduz o saco com a erva durante 1 hora.

3. Ao Natural

Como mencionado, a canábis pode começar a descarboxilar por si mesma durante a secagem e cura. Expor as cabeças de canábis ao ar é suficiente para começar a converter THCA em THC e THC em CBN. Contudo, o problema com este processo é que é extremamente demorado se quisermos fazê-lo sem introduzir quaisquer métodos para o acelarar.

Agora que já sabes como descarboxilar a canábis, da próxima vez que vires um filme sobre alguém a desmaiar ao comer um saco de canábis crua, podes partir-te a rir enquanto saboreias as tuas bolachas de canábis acabadas de fazer, com canábis totalmente descarboxilada.

Se gostaste deste artigo aconselhamos-te ler 6 mitos sobre a germinação de canábis e Plântulas da Canábis: guia completa para o seu cuidado.

Imagens retiradas de Growweedeasy e Leafly

Clique para avaliar este post!
(Votações: 1 Promedio: 5)
Avatar for Igor Vieira

Autor: Igor Vieira

Licenciado en Biología Molecular, gestor de contenidos y responsable de tienda en Experiencia Natural. Viviendo la vida, hablando de Cannabis Sativa, padre. Número de colegiado es 20787-X.

Palavras relacionadas:
Descarboxilar a Canábis: Guia Completa Passo a Passo
Descarboxilar a Canábis: Guia Completa Passo a Passo Neste artigo poderás saber um pouco mais sobre como descarboxilar a canábis, quais são as técnicas mais eficientes e quais oferecem os melhores resultados.
https://www.semillas-de-marihuana.com
Sementes de canábis

Artigos relacionados

Comentários

2 comentários para "Descarboxilar a Canábis: Guia Completa Passo a Passo"

  • O 13.02.2022 , Bob comentou:
    Avatar for Bob

    “…Deixa durante 1 minuto e já está! A tua canábis já está descarboxilada”
    Impossível! Não tem como canabis descarboxilar em apenas 1 minutos só pq colocou em um saco numa panela a 95°. Isso não existe!

Deixa o teu comentário