Blog sobre a Canábis | Experiência natural
Inicio » Cultivo de canábis » PH e EC no Cultivo da Canábis


20.10.21

PH e EC no Cultivo da Canábis

Hoje vamos falar de dois parâmetros fundamentais no cultivo da canábis: PH e EC, também conhecidos como potencial de hidrogénio e electrocondutividade. Conseguir bons resultados sem controlar ambos é muito complicado e, na grande maioria dos casos, depende de ter, naturalmente, condições de crescimento óptimas.

Controlo do PH e EC

O controlo do PH e EC é a base principal para um boa cultivo de canábis, qualquer que seja o substrato utilizado. Portanto, se há muitos cultivadores de terra não lhe prestam atenção é porque, geralmente, não conhecem os benefícios de dar à planta o que ela realmente precisa, quando ela precisa. Se aprendemos estes dois conceitos básicos, os cultivos poderão melhorar de forma considerável, principalmente com um rendimento muito maior e também por uma qualidade espantosa, mas também as plantas darão muito menos problemas durante o seu ciclo de vida.

O controlo do PH e EC é uma técnica básica de cultivo. Para fazer o controlo do pH estão disponíveis diferentes métodos analógicos e digitais, enquanto para controlar o EC só estão disponíveis medidores digitais.

O medidor de pH analógico é um reagente, basicamente um composto que produz uma reacção em contacto com água e apresenta um resultado baseado num código de cores. O medidor de PH mais conhecido deste estilo é o papel de tornassol, que é literalmente um papel impregnado com Tornasol, um composto obtido de plantas como a Chrozophora tinctoria.

Na nossa loja online podes encontrar um medidor analógico de PH baseado no tornesol, é da Terra Aquatica (General Hydroponics) e vem em líquido, acompanhado por uma carta de cores para poder interpretar o resultado.

medidor de ph

Comprar PH Test Kit

A outra opção é utilizar um medidor digital de pH, desta forma a medição é feita por microprocessadores, o que oferece resultados muito mais fiáveis e precisos. Na nossa loja online podes encontrar diferentes medidores de PH digitais, todos eles de marcas líderes e a um óptimo preço. Existem também medidores digitais combinados, com duas sondas, que medem PH e EC ao mesmo tempo, bem como medidores contínuos, capazes de medir de forma contínua e funcionam submersos na água.

/Cultivo/Medição/PH

Fertilização com o pH ideal

O PH é uma medida da acidez ou alcalinidade de uma solução, neste caso a água utilizada para regar as plantas de canábis. o pH indica a concentração de iões de hidrónio [H3O+] presentes em certas substâncias. O acrónimo significa potencial de Hidrogénio, mas o mais importante na medição do pH é que nos indica o ponto em que a planta absorve os nutrientes de forma eficiente.

Isto é muito importante por duas razões. Uma delas é que sem regular o pH, a planta não receberá os nutrientes que pensamos estar a dar-lhe, pois não será capaz de os absorver se não tiver o grau certo de acidez. Por outro lado, se o pH não for correcto, os nutrientes que não são absorvidos pela planta permanecem no substrato, degradando-se e formando sais, o que pode alterar as condições do solo e “entupir” as raízes da planta. Esta tabela irá ajudar-te a compreender este conceito.

tabela-nutrientes agua ph canabis

Nele podemos ver que o valor de PH onde a maioria dos nutrientes são absorvidos se situa entre 5 e 7, estes dados, juntamente com o nosso conhecimento sobre a alimentação da canábis, dar-nos-ão a capacidade de nutrir perfeitamente uma planta de marijuana e tirar o máximo partido dela.

Os diferentes elementos que as plantas necessitam são ordenados de cima para baixo, cada um deles apresenta uma faixa horizontal de diferentes grossuras, Enxofre, Magnésio, Nitrogénio, etc. Esta grossura é o nível de assimilação de cada nutriente de acordo com o nível de pH, que aparece na parte inferior da imagem em forma numérica com uma casa decimal, com uma medida de 4,0 a 9,0. Quanto mais larga a faixa, maior absorção nutritiva a planta terá, e onde coincide que quase todos os elementos têm a sua capacidade máxima de absorção, como se pode ver, é entre 5,0 e 7,0, pelo que é a faixa ideal para se mover quando nos referimos ao PH para plantas de canábis.

Então, para fertilizar plantas com o pH perfeito, devemos ter em conta duas coisas. A primeira é o tipo de substrato utilizado, o solo pode fornecer nutrientes e portanto um pH diferente do que, por exemplo, um substrato coco ou hidro. A última coisa importante a ter em conta com o pH é a fase do cultivo em que a planta se encontra, pois não necessita dos mesmos nutrientes no crescimento que na floração. Abaixo encontra-se um detalhe dos valores necessários dependendo do tipo de substrato e da fase em que a planta se encontra.

Valores ótimos de PH

O pH recomendado para o solo é o que proporciona a melhor absorção de nutrientes nesse meio de cultivo. Especificamente, a gama de pH ideal para os cultivos na terra é de 6,0 a 6,8. O valor mais baixo é mais recomendado para a fase de crescimento, enquanto valores mais próximos de 6,8 são mais adequados para a fase de floração.

O pH recomendado para o cultivo hidropónico é ligeiramente mais baixo do que para o cultivo do solo. Para ser exacto, a gama de pH ideal para cultivos hidropónicos e com substrato de coco é de 5,5 a 6,5. Tal como na medida anterior, quanto mais baixo o valor, mais recomendado para a fase de crescimento, enquanto os valores mais altos próximos de 6,5 são mais adequados para a fase de floração.

Como subir o pH?

Em muitas ocasiões o pH não está nos valores óptimos para a rega, isto pode ser devido à qualidade da água ou aos nutrientes adicionados à mesma. Há duas maneiras de subir o pH.

Podemos subir o pH de uma solução nutritiva com um produto específico para este fim, tal como o PH+ da Hesi. Basta seguir as instruções na garrafa, adicionar o produto à água, agitar e medir novamente com o medidor de pH. Se estiver dentro do intervalo correcto, podes regar com essa água, e se precisares de mais produto, adicionas um pouco mais, mexes e medes novamente.

Também é possível subir o pH com alguns fertilizantes, desde que sejam claramente indicados ou quando já os tenhamos utilizado e medido antes e saibamos perfeitamente como influenciam o pH da solução. Um cultivador especializado pode fazer uma utilização optimizada dos fertilizantes e saber qual escolher para deixar o pH perfeito e alimentar as suas plantas da forma mais eficaz.

subir o ph

Comprar PH +

Como descer o pH?

Noutras ocasiões, o pH está acima dos valores óptimos para a rega e isso pode dever-se, tal e como acontece com o pH elevado, devido à qualidade da água ou aos nutrientes adicionados. Há duas maneiras de descer o pH.

Podemos descer o pH da água com um produto específico, tal como o PH- da Hesi. Como antes, basta seguir as instruções na embalagem, adicionar o produto à água, agitar e medir novamente com o medidor de PH. Se estiver dentro dos valores corretos, podes regar com essa água; se precisar de mais produto, adicionas mais, mexes e medes novamente.

Finalmente, o pH também pode ser reduzido com um fertilizante, desde que o fabricante o indique ou que tenhamos experiência acumulada suficiente para podermos saber que o produto irá baixar o pH e não aumentá-lo.

descer o ph

Comprar PH –

Ec, a eletrocondutividade

E até aqui o pH, agora falaremos do EC, ou seja, da eletrocondutividade, o qual mede a concentração de sais por cm, ou o que é o mesmo, o nível de sólidos dissolvidos na água de rega para as nossas plantas de canábis. Quanto mais fertilizante ou resíduos na água, mais Ec terá; menos fertilizante ou resíduos na água, menos Ec terá.

Os valores do EC podem ser medidos em diferentes unidades de medida, geralmente medidos em ms/cm (milisiemens), embora haja também us/cm (micro), etc. A unidade de medida mais comum para o Ec é o ppm, que representa as partes por milhão.

Graças a estes dados medimos a capacidade óptima e máxima das plantas para se alimentarem. Na canábis, o máximo no cultivo hidropónico situa-se entre 2,0 e 2,4 sem que a planta sofra com o excesso de fertilização, tudo dependendo do momento de cultivo e da variedade a ser cultivada. Para os cultivos na terra os valores são consideravelmente mais baixos, pois neste tipo de substrato as plantas não aceitam tantos nutrientes. Especificamente, e como regra geral, os cultivos de canábis cultivadas no solo nunca devem superar os 2,0 de eletrocondutividade.

A água de rega tem um certo EC, o fertilizante que utilizamos terá outro EC, de modo que o EC que chega às plantas será uma média entre estes dois mais uma correcção que ocorre sempre na rega e no substrato. No solo é aconselhável utilizar um filtro de osmose para obter água com um EC de 0,0, para que cheguem às plantas apenas os nutrientes benéficos; no caso dos cultivos em hidropónico este filtro é essencial. Quando usamos água da torneira nunca temos água EC 0,0 porque vem com cloro e outros elementos, que não são necessários para a planta da canábis e dificultam a sua utilização. Se não puder investir num bom filtro de osmose, deve pelo menos deixar a água repousar durante 24 horas, sempre num recipiente largo, antes de a utilizar.

filtro de osmose

Comprar Filtro Osmose

Medidas óptimas de Ec

Agora vamos falar das medidas o´timas de EC e pH e alguns conselhos para saber como reagir a cada situação. A primeira coisa que devemos saber é que a planta come menos no início, e à medida que cresce assimila correctamente maiores quantidades de nutrientes. Normalmente o fabricante de fertilizantes fornece algumas tabelas para o cultivo e assim saber a quantidade de fertilizantes que podemos adicionar a uma planta de canábis num dado momento do cultivo.

  • EC entre 0 e 0,4: a planta quase não se pode alimentar a si própria. Nestas circunstâncias, a planta quase não tem nutrientes para se alimentar.
  • EC entre 0,4 e 0,8: ideal para clones. Não é suficiente para o crescimento e a floração. As deficiências vão eventualmente aparecer.
  • EC entre 0,8 e 1,2: bom para a fase de crescimento. A planta tem os alimentos suficientes para crescer nas primeiras semanas de forma saudável mas não o suficiente para a floração.
  • EC entre 1,2 e 2,0: têm excesso de fertilizantes para a fase de crescimento e é provável que a planta comece a mostrar sinais do excesso de nutrientes. No entanto para a fase de floração na terra é a medida ideal. Nos cultivos em hidropónico são os valores máximos admitidos para a fase de crescimento.
  • EC entre 2,0 e 2,4: perigo! Muito problemático no crescimento, risco de danos irreparáveis e morte das plantas. Para a floração estás a exceder o limite e pode criar excessos e problemas. No cultivo em hidropónico é o máximo tolerável para a floração.
  • EC de mais de 2,4: excesso de fertilização assegurada. É necessário limpar as raízes e o substrato ou as plantas morrerão. Em alguns casos os cultivos hidropónicos podem atingir estes valores, mas apenas se souberes o que estás a fazer.

Depois de medir o EC com um medidor digital, obteremos o seu valor, com ele e com a ajuda dos dados que acabámos de te dar, temos de ver se temos um valor correcto, baixo ou alto. Este valor deve então ser corrigido através da subida ou descida do EC antes de dar a água às plantas.

Como descer o EC?

Quando o nível de eletrocondutividade da água é superior ao necessário, é necessário começar a trabalhar para o descer, caso contrário pode criar problemas muito graves e a morte da planta. Existe apenas uma técnica para descer o EC da água.

Como o EC é o nível de sólidos dissolvidos, a única forma de baixar o EC é com água limpa, ou seja, água sem nutrientes ou resíduos. A adição de água limpa à solução nutritiva reduz a concentração de sólidos, uma vez que os sólidos estarão dissolvidos numa maior quantidade de água.

Se for adicionada água da torneira, o nível do EC descerá menos do que se for utilizada água desmineralizada, porque, como o nome sugere, a água desmineralizada vem sem nutrientes ou resíduos, ou seja, com um EC de 0,0. Este tipo de água pode ser adquirida engarrafada ou pode ser obtida com um filtro de osmose inversa.

Como subir o EC?

Por outro lado, quando o nível EC da solução nutritiva é inferior ao necessário, este não representa um problema grave, embora se for mantido ao longo do tempo também possa levar a danos graves e até à morte da planta. Existe apenas uma técnica para subir o EC da água.

Especificamente, a única forma de subir o EC é adicionar mais nutrientes, ou seja, adicionar mais fertilizante. Ter um EC inferior à recomendada para essa genética e fase do cultivo significa que podemos dar mais nutrientes à planta. Adicionar mais fertilizante à solução nutritiva significa que a concentração de sólidos irá aumentar, uma vez que os sólidos estarão dissolvidos numa menor quantidade de água.

Podemos adicionar mais fertilizante do mesmo que estamos a utilizar, ou podemos adicionar outro tipo de fertilizante, embora isto deva ser sempre feito com cuidado, uma vez que diferentes fertilizantes produzem alterações diferentes no EC.

Esperamos que este artigo sobre o pH e EC tenha sido do teu agrado, depois de ser um mestre no controlo do pH e do EC podes continuar a melhorar com o controlo dos nutrientes básicos com o nosso artigo sobre nutrientes, NPK: elementos básicos para fertilização da canábis ou os artigos que dispomos específicos para cada um destes macro-nutrientes: podes encontrar um sobre o azoto, outro sobre o fósforo e um sobre o potássio.

Clique para avaliar este post!
(Votações: 6 Promedio: 5)
Palavras relacionadas: ,
O PH e o EC no Cultivo da Canábis
O PH e o EC no Cultivo da Canábis Conhece, neste artigo, todas as técnicas para controlar e medir o pH e EC e poder obter melhores resultados, tanto na qualidade como na quantidade.
https://www.semillas-de-marihuana.com
Sementes de canábis

Artigos relacionados

Comentários

15 comentários para "PH e EC no Cultivo da Canábis"

Deixa o teu comentário