Blog sobre a Canábis | Experiência natural
Inicio » Cultivo de canábis » Como influencia o efeito da lua na canábis?


04.01.22

Como influencia o efeito da lua na canábis?

É comum notar como a lua influencia vários fenómenos naturais, tais como a maré, o humor dos animais e mesmo em vários aspectos da nossa vida quotidiana. Mas tal como isto acontece com vários elementos naturais, também acontece no caso das plantas e do seu cultivo diário, e particularmente no caso da planta da marijuana, que não é excepção. Hoje falamos sobre o efeito da lua na canábis.

Graças à informação disponível no que diz respeito aos ciclos lunares, é possível saber qual é o momento ideal para realizar as várias tarefas envolvidas no cultivo da canábis, como, por exemplo, como realizar corretamente a germinação, o transplante, a poda e a colheita.

efecto da lua na canabis

A influência da lua

A técnica de utilizar as fases da lua para optimizar as colheitas não é novidade. Já há várias centenas de anos, por exemplo, os Maias ou os Aztecas já tinham esta técnica em consideração para cultivar adequadamente, uma vez que, como se demonstrou ao longo dos anos, a lua influencia os animais e as marés (para citar apenas um par de casos), e também influencia as plantas, quer sejam cultivadas no interior ou no exterior.

Assim, ao utilizar os ciclos lunares, podes descobrir quais os dias do mês adequados para o cultivo da canábis e fazer o melhor uso possível da influência da lua. Esta é a única forma de evitar muitos problemas em relação ao cultivo e, também, obter colheitas abundantes.  

Os ciclos da lua

A fim de aproveitar os benefícios oferecidos pelo efeito da lua na canábis, é necessário conhecer os seus ciclos e a forma como influenciam os cultivos de canábis. Portanto, vamos contar-te como os ciclos (também chamados fases) estão divididos, sabendo que, no total, duram 29 dias, 12 horas e 44 minutos:

  • Lua nova: Este ciclo ocorre quando a lua já não é visível desde a Terra. E é nesta fase que o processo no qual a seiva se concentra nas raízes das plantas ocorre, reduzindo assim a sua actividade. É, portanto, o melhor momento para realizar várias tarefas, tais como o transplante ou a poda. Aproveitando os benefícios desta fase, as plantas sofrem menos stress, o que lhes permite crescerem fortes na fase seguinte, o quarto crescente.
  • Quarto crescente: Observando a lua a partir da nossa posição na Terra, podemos notar que nesta fase a lua assume a forma da letra D, até chegar o momento em que está completa. Nesta fase, o interior da planta torna-se mais activo, o que a leva a absorver rapidamente os nutrientes das raízes até às folhas. Não se recomenda, portanto, realizar podas, mas sim germinar as sementes imediatamente antes do próximo ciclo começar: a lua cheia.
  • Lua cheia: Nesta fase pode-se ver como a lua está totalmente iluminada, até ao ponto em que toda a circunferência se pode ver. Além disso, a seiva interna está mais activa, de modo a que as partes superiores da planta se desenvolvam rapidamente. Por isso, não são recomendadas podas e nem recortes de qualquer tipo.
  • Quarto minguante: Pode-se reconhecer o início deste ciclo porque se pode ver como, pouco a pouco, a lua ganha a forma da letra C, até ao momento em que já não é visível. E é durante este ciclo que a seiva desce e o solo se torna mais receptiva, o que o torno no momento ideal para fazer clones e transplantes, bem como para fertilização e rega. No entanto, a poda não se recomenda neste momento.

Movimento ascendente e descendente

Não devemos confundir este ciclo com os ciclos anteriores pois a lua tem dois tipos de ciclos, um é o que acabámos de explicar e o outro, que não tem nada a ver com ele, é o seguinte. A lua pode estar, por exemplo, em fase ascendente (culmina no apogeu) e em fase descendente (que culmina no perigeu).

Para saber se estamos num movimento ascendente ou descendente, podemos ver na Internet, mas também podemos aprender como se diferenciam observando a lua diariamente. A lua está em movimento ascendente durante o período em que cada dia a sua órbita aparente é maior do que a do dia anterior (noite), ou seja, cada dia vemo-la um pouco mais alta no firmamento. Inversamente, se o movimento for para baixo, vê-lo-emos um pouco mais baixo a cada noite.

A seiva das plantas é também influenciada pela lua, no que diz respeito a se o seu movimento é ascendente ou descendente. Recomenda-se, portanto, ter este factor em conta na execução de várias tarefas no cultivo da canábis:

  • Se a lua estiver com movimento ascendente: A seiva move-se em direção às partes superiores da planta. Por conseguinte, este facto favorece o corte de estacas para clonar, dado que estas têm mais vitalidade. Além disso, a poda não está recomendada durante este período.
  • Se a lua estiver com movimento descendente: A seiva move-se para baixo, o que aumenta a atividade na parte subterrânea da planta. Isto permite recomendar o trabalho relacionado com as raízes: plantação, fertilização, poda, transplante e germinação de sementes.

Qual é a tarefa a realizar na canábis em cada fase da lua?

Tendo tudo isto em conta, podemos resumir da seguinte forma as condições ideais para a realização de várias tarefas em relação à canábis:

  • Germinação: É aconselhável fazer esta tarefa com a lua em movimento descendente.
  • Poda: Recomenda-se a realização desta tarefa quando se combinam as fase minguante e movimento descendente da lua.
  • Plantação e transplantação: É aconselhável realizar estas tarefas quando está em fase crescente e movimento descendente.
  • Corte de estacas para clones: É aconselhável esperar até ao fim da lua em movimento ascendente, a fim de obter cortes fortes e cheios de seiva.
  • Fertilizante de crescimento: É aconselhável realizar esta tarefa quando a lua está em movimento descendente e na fase quarto crescente.
  • Fertilizante de floração: Recomenda-se a realização desta tarefa, aplicando fertilizantes base e estimuladores de floração, com a lua em movimento descendente.
  • Recolher as cabeças: Recomenda-se a colheita na fase da lua quarto crescente ou na lua cheia.
  • Doenças e pragas: Para poder aplicar insecticidas, é aconselhável esperar pelo movimento descendente da lua e a fase quarto minguante.
  • Fungicidas: São mais eficazes se aplicados durante o movimento ascendente combinado com a fase quarto minguante da lua.

Esperamos que tenham gostado do artigo sobre o efeito da lua na canábis, se assim for, deixem-nos 5 estrelas. Recomendamos-te que continues a ler com mais artigos sobre o cultivo da canábis.

Clique para avaliar este post!
(Votações: 7 Promedio: 4.6)
Avatar for Brais Nieto

Autor: Brais Nieto

Fundador de Experiencia Natural, creativo y emprendedor, diseñador, master en grower y marketing. Por una normalización de todas las plantas y sustancias primando pacientes y usuarios.

Palavras relacionadas:
Como compreender o efeito da lua na canábis?
Como compreender o efeito da lua na canábis? Chaves para saber sempre o efeito da lua no canábis, sem a ajuda de um calendário lunar, qual é o estado mais favorável para cada tarefa no cultivo.
https://www.semillas-de-marihuana.com
Sementes de canábis

Artigos relacionados

Comentários

Um comentário para "Como influencia o efeito da lua na canábis?"

Deixa o teu comentário