Blog sobre a Canábis | Experiência natural
Inicio » História da canábis » Canábis Landrace: Que É e Em Que se Diferencia da Heirloom


04.05.22

Canábis Landrace: Que É e Em Que se Diferencia da Heirloom

Existem hoje tantas variedades diferentes de canábis que é quase impossível lembrar-nos de onde vêm as originais e o que significam os diferentes nomes das variedades de canábis. Nomes como Landrace e aquelas conhecidas como genéticas puras ou “Heirloom” em inglês.

No artigo de hoje vamos falar sobre a canábis Landrace e sobre as estirpes puras ou “Heirloom” e vamos rever a forma como as estirpes de canábis são categorizadas hoje em dia. Se estiveres interessado no assunto, convidamos-te a continuar a ler este artigo.

canabis landrace

O Que São as Variedades de Canábis Landrace?

As variedades de canábis Landrace são aquelas que são autóctones de um local específico. Isso significa que aparecem naturalmente nessa área, e nunca foram cruzadas com qualquer outra estirpe de canábis. São, normalmente, uma estirpe muito antiga, que tem sido cruzada ao longo da história vezes sem conta, dando origem a outras estirpes.

Na canábis Landrace cada planta é muito semelhante às outras plantas da mesma variedade. Geralmente, além disso, uma estirpe será ou totalmente indica ou totalmente sativa, sem hibridização entre elas. Nas décadas de 60 e 70, as genéticas Landrace eram o único tipo de canábis disponível no mercado.

As variedades Landrace eram as mais procuradas no mundo pois ofereciam uma vasta gama de diferentes opções a pessoas que viajavam pelo mundo em busca de novas genéticas. Plantas da cordilheira Hindu Kush, que se estende através do Paquistão e Afeganistão, produzem canábis Landrace Indica pura afegã.

Uma Landrace por Cada Região do Planeta

Por todo o mundo existem lugares com a sua própria Landrace ou canábis local. A estirpe local que cresceu no solo vulcânico do Havai era completamente diferente da estirpe nepalesa, bem como da estirpe libanesa, do kif marroquino, do tailandês, do congolês e das várias estirpes do México e da Colômbia.

As pessoas costumavam viajar pelo mundo para experimentar as diferentes variedades de canábis Landrace, comprando sementes ao longo da sua viagem. Como isto aconteceu cada vez com mais frequência, as pessoas começaram a experimentar várias combinações genéticas. Isto levou à explosão da canábis híbrida. Hoje em dia, o mercado está cheio de diferentes versões híbridas, algumas provenientes de combinações de diferentes estirpes de todo o mundo.

As genéticas Landrace são mais difíceis de encontrar hoje em dia, mas felizmente não desapareceram. Muitos bancos de sementes reconhecem o valor das estirpes Landrace e, por conseguinte, mantêm o comércio deste tipo de sementes de canábis.

Lista de Algumas das Variedades Landrace

Estirpes Landrace provenientes da Ásia

Hindu Kush

Afghani

Lashkar Gah

Mazar I Sharif

Chitral Kush paquistanesa

Mag Landrace

Pakistan Valley Kush

Aceh

Thai

Chocolate Thai

Kauai Electric

Luang Prabang

Altai (Rússia Central/Sul e Mongólia)

Estirpes Landrace provenientes da América do Sul e Central

Lamb’s Bread

King’s Bread

Punto Rojo

Acapulco Gold

Colombian Gold

Panama Red

Limón Verde

Estirpes de raças autóctones provenientes de África

Swazi Gold

Red Congolese

Kilimanjaro

Durban Poison

Malawi

Rooibaard

Que São as Estirpes “Heirloom” da Canábis?

canabis heirloom

As variedades de canábis puras ou Heirloom são variedades de canábis Landrace que foram cultivadas noutras áreas do mundo sem modificações genéticas, mas com as modificações fenotípicas típicas que aparecem por terem sido cultivadas noutras zonas do mundo. Estas estripes puras ou Heirloom foram cultivadas principalmente na Califórnia e no Hawaii.

São o resultado de colecções de sementes de variedades Landrace dos viajantes que, posteriormente, as cultivaram noutros locais. Como estas sementes puras estavam longe do seu habitat nativo, não são Landrace puras, mas ainda são consideradas originais de certa forma quando comparadas com híbridos e outras estirpes cruzadas.

A “Rota Hippie” (também conhecida pela Rota do Haxixe) era a rota que as pessoas faziam de um país para outro, recolhendo estirpes de canábis ao longo do caminho. Os especialistas e amantes da canábis encontraram as melhores variedades de marijuana Landrace e começaram a cultivá-las no Hawaii e no Norte da Califórnia.

Estas linhagens eram conhecidas por serem extremamente potentes e impressionantes. As melhores variedades Heirloom floresceram no Havai, incluindo as sativas das regiões equatoriais entre a África e o Vietname.

Na Califórnia, por outro lado, as estirpes de sativa originárias do México e da Colômbia cresceram extremamente bem, devido às semelhanças climáticas destas 2 áreas do planeta. Estas evoluiram até converter-se na bem conhecida linhagem com herança Skunk, que tem um aroma inigualável, devido ao seu cheiro intenso e penetrante.

Ainda existem algumas relíquias dos anos 70 a crescer no Havai, embora a maioria dos cultivos de canábis que se podem encontrar ali contenham plantas maravilhosas provenientes de evoluções genéticas, tais como a Hawaiian Snow.

canabis landrace

Estirpes Landrace Hoje em Dia

As estirpes de Cannabis Sativa Landrace prosperam melhor nas regiões equatoriais do mundo, enquanto as estirpes indica Landrace são melhores quando são cultivadas numa área entre 30 e 50 graus de latitude (norte ou sul). Como resultado, em muitos casos, as estirpes estão distribuídas geograficamente, e isto pode influenciar os seus nomes.

As estirpes originais de canábis Landrace são especiais e precisam das suas próprias condições de cultivo. Então… Porque é que algumas pessoas ainda preferem cultivar e consumir estirpes Landrace e Heirloom em vez dos híbridos de hoje? Isto tem a ver com o facto de as raças terrestres terem frequentemente mais tipos de compostos químicos, enquanto o cruzamento de híbridos tem levado a menos compostos químicos nas genéticas modernas.

As Landraces são o resultado do trabalho do breeder mais eficaz: a selecção natural. A variabilidade genética entre os diferentes tipos de raças terrestres é maior do que entre as várias estirpes de híbridos, o que as torna mais apetecíveis para muitas pessoas. É o caso da Maroc, uma Landrace marroquina de primeira classe.

O Que Significam os Nomes das Estirpes de Canábis?

Hoje em dia, existem todos os tipos de nomes de canábis que indicam que uma variedade pertence a uma determinada estirpe, incluindo os nomes mais violentos como “Trainwreck”, “White Widow“, “Jack the Ripper” e “AK-47“.

Estes nomes podem parecer perpetuar um estereótipo negativo, mas na realidade, vêm de um termo simples: “killer bud” ou cabeças assassinas. Este foi sempre o termo utilizado para se referir à canábis de melhor qualidade entre o público anglo-saxónico, e nomes mais recentes relacionam-se com este para indicar a qualidade da canábis.

Os nomes populares para variedades de erva hoje em dia incluem Blueberry, Sour Diesel, Trainwreck, AK-47, White Widow, Northern Lights, Super Skunk e OG Kush. Muitas vezes as estirpes e grupos de canábis são organizadas de acordo com o sabor (tais como gasóleo, frutos do bosque, skunk ou ananás) ou a cor (roxo, branco ou azul). No final, é claro, todas elas derivam das estirpes Landrace de canábis.

Muitos dizem que os nomes actuais das variedades de canábis podem ser questionáveis em termos do que dizem sobre a própria estirpe. O que é verdade é que os nomes das estirpes de canábis são muito mais importantes agora do que eram no passado.

Como a importância dada aos nomes da canábis está a aumentar, existe mais do que um nome impreciso nos catálogos de algum banco de sementes duvidoso. Isto tem a ver com marketing, pois as pessoas preferem comprar com base no que ouviram sobre determinada planta. É por isso que alguns breeders desonestos são susceptíveis de rotular uma variedade de canábis de forma imprecisa. Isto nunca te acontecerá no catálogo dos bancos de sementes da Experiencia Natural.

Canábis Haze

E que significam todos os nomes “Haze” das actuais estirpes de canábis? A estirpe Haze é, hoje em dia, um elemento básico da genética da marijuana, talvez a mais famosa de todas.

E quanto às origens da canábis desta variedade? De acordo com a história, ou talvez a lenda, como há mais do que uma versão da história, os “Haze Brothers” originaram esta estirpe nos anos 60 e 70 na Califórnia. Diz-se que a variedade Haze foi criada por um simples acidente: aconteceu uma hibridação sólida entre duas variedades de canábis Landrace.

Supostamente a origem da canábis Haze contém genéticas Landrace colombiana, tailandesa e indiana. Alguns dizem que a genética mexicana também está presente. Na formulação atual desta genética também é possível encontrar genética jamaicana nela. A Haze original era uma variedade pura sativa, sem inclinações para outras genéticas.

Segundo o que se conta, é suposto que tinha uma proporção mais elevada de fêmeas do que de machos e crescia em muitas cores diferentes. O seu sabor era frutado e apresentava aromas que lembravam cerveja ou chocolate.

A certa altura, a Haze Original foi levada para os Países Baixos, onde foi hibridizada e deu origem a toda a gama de estirpes Haze de hoje em dia. Atualmente, claro, as estirpes Haze baseiam-se vagamente na Original Haze Heirloom, e o termo geralmente indica apenas o facto de ter características sativa.

canabis heirloom

COMPRAR OG KUSH

“OG KUSH”

Outra variedade bem conhecida de canábis, a OG Kush, também conhecida como Ocean Grown Kush, é um tipo de variedade de canábis que também tem uma história interessante por trás. A origem desta variedade remonta a 1993, quando uma planta de canábis macho, proveniente de uma combinação de Lemon Thai e Old World Paki Kush, foi utilizada como “ingrediente secreto” para o cruzamento.

Quando experimentaram o resultado, pensaram que o seu sabor tão potente e especial se devia a que tinha sido cultivada nas montanhas. Ao que o cultivador respondeu dizendo: “isto foi cultivado no oceano, mano!”. A partir desse ponto, esta estirpe particular ficou conhecida como Ocean Grown Kush, ou como se costuma chamar, OG Kush. Ou isso é o que diz a lenda… 🙂

Algumas perguntas sobre as Landrace

Si tienes alguna duda sobre las Landrace, por qué no miras estas preguntas que seguro que responden a tus preguntas:

Se tens alguma dúvida sobre as Landrace, porque não dar uma vista de olhos a estas perguntas que certamente poderão responder às tuas dúvidas:

Qual é a Diferença entre uma estirpe Landrace e uma estirpe Heirloom?

As estirpes Landrace originam-se naturalmente em regiões específicas do mundo, enquanto as estirpes de canábis Heirloom são sementes que são recolhidas no seu país de origem e cultivadas noutros locais.

As variedades Landrace são melhores que as outras?

As variedades Landrace estão mais próximas das espécies selvagens originais de plantas de canábis porque o seu ADN está menos diluído. No entanto, não são consideradas melhores do que as estirpes modernas.

Onde surgiram as Primeiras estirpes Landrace?

Acredita-se que as primeiras estirpes de canábis tenham crescido nas colinas dos Himalaias, numa área que agora é a fronteira entre o Afeganistão e o Paquistão.

Esto ha sido todo nuestro contenido sobre cepas Landrace, si te ha gustado este artículo, por qué no enterarte de cuales son las mejores marcas de abonos para la marihuana.

E assim termina o nosso artigo sobre variedades Landrace, se gostaste deste artigo porque não descobrir quais são as melhores marcas de fertilizantes para a marijuana.

big bud advanced nutrients

As melhores marcas de fertilizantes

Clique para avaliar este post!
(Votações: 1 Promedio: 5)
Palavras relacionadas:
Canábis Landrace: Que é e Em Que se Diferencia da Heirloom
Canábis Landrace: Que é e Em Que se Diferencia da Heirloom Descobre o que são as estirpes Landrace, ou variedades autóctonas, que estão tão de moda. Entende, também, como distinguir-las das Heirloom.
https://www.semillas-de-marihuana.com
Sementes de canábis

Artigos relacionados

Comentários

Um comentário para "Canábis Landrace: Que É e Em Que se Diferencia da Heirloom"

Deixa o teu comentário